As relações interpessoais e o controle afetivo de pacientes Borderline estudados através do procedimento teste e reteste da técnica de Rorschach

Autores: Sonia Regina LOUREIRO e Rita Aparecida ROMARO Revista Estudos de Psicologia (Campinas); 9(3):41-52set./dez. 1992.

Objetivou-se estudar, através da metodologia de estudo de caso, os elementos característicos das áreas de controle afetivo e relacionamento interpessoal de 3 pacientes psiquiátricos diagnosticados como “Borderline” tomando-se como método a analise dos dados da historia clinica e a comparação teste-reteste da técnica de Rorschach, re-aplicada aproximadamente 5 anos apos a primeira aplicação. A comparação do perfil evolutivo de cada caso estudado apontou para a presença de um padrão semelhante em nível da estruturação da personalidade, com diferentes configurações em nível das manifestações afetivas, relacionado as condições adaptativas informadas através da historia clinica, evidenciando o fracasso racional, o esforço de contenção da expressividade afetiva e a acentuação da imaturidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>